Navigation

Peru retomará voos internacionais em 1º de outubro

O Presidente Martin Vizcarra em discurso anual à nação realizado na sede do Congresso em Lima, em 28 de julho de 2020. Foto divulgada pela Presidência peruana. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 02. setembro 2020 - 19:01
(AFP)

O governo do Peru anunciou nesta quarta-feira (2) o retorno de voos internacionais e a reabertura de suas fronteiras a um grupo de países a partir de 1º de outubro, após quase sete meses de fechamento devido a pandemia de covid-19.

"O primeiro de outubro está definido para que seja a data. Vamos começar com um número limitado de voos", disse o ministro de Transportes e Comunicações, Carlos Estremadoyro, ao anunciar a medida para à imprensa.

Estados Unidos, México, Espanha e Chile fazem parte desse primeiro grupo de países dos quais serão autorizados voos, de acordo com o ministro.

"Esse tipo de países são os primeiros destinos e obviamente quando começarmos faremos com um número limitado de voos" disse Estremadoyro.

Brasil poderá entrar no grupo, embora essa decisão esteja sob avaliação.

As autoridades peruanas exigirão testes PCR de covid-19 a todos os passageiros que chegarem do exterior, como parte de um novo controle sanitário.

Durante o mês de setembro foram afrouxados alguns protocolos sanitários que as linhas aéreas deverão cumprir para retomar suas operações.

O país registra neste momento mais de 660.000 casos e 29.000 mortes. Com 33 milhões de habitantes, é o segundo na América Latina em número de contágios, após o Brasil, e o terceiro em mortes, depois do gigante vizinho sul-americano e o México.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.