Navigation

Piñera anuncia reforma ministerial no Chile

(Arquivo) O presidente chileno, Sebastián Piñera afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 13. junho 2019 - 18:02
(AFP)

O presidente chileno, Sebastián Piñera, anunciou nesta quinta-feira (13) uma profunda reforma ministerial, que afeta seis pastas, após a queda do índice de aprovação do governo.

Passados 15 meses de mandato, uma primeira mudança foi informada por Piñera no Ministério das Relações Exteriores, que passa a ser comandado pelo advogado Teodoro Ribera no lugar de Roberto Ampuero.

Nesse mesmo dia, foi divulgada a sondagem feita pelo mais prestigioso instituto de pesquisas do país, o CEP, que mostrou uma queda de 12 pontos em sua popularidade.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.