Navigation

Trump telefonou para presidente paraguaio e doou 250 respiradores

Trump está há semanas sem sair da Casa Branca, e o magnata começa a se mostrar cada vez mais frustrado por perder o controle de uma campanha que se mostrava promissora afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 02. maio 2020 - 21:42
(AFP)

O presidente paraguaio Mario Abdo Benítez anunciou nesre sábado que recebeu uma ligação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que doou 250 respiradores para combater a pandemia de COVID-19.

"Agradeço a ligação de @realDonaldTrump e seu anúncio de doação de respiradores americanos para combater o #COVID19 no Paraguai", disse Abdo no Twitter.

Ele também enfatizou que a "amizade" entre os dois países "é mais forte do que nunca, e a cooperação bilateral continua a crescer em todas as áreas".

O Paraguai adotou medidas de isolamento e suspensão para eventos e aulas desde que o primeiro caso de coronavírus foi registrado em 7 de março e, na segunda-feira, começará uma redução gradual da quarentena obrigatória.

A nova etapa, denominada "quarentena inteligente" pelas autoridades de saúde, prevê um retorno ao trabalho e à atividade social em etapas, com horários de acordo com a idade, sob medidas de distância e higiene que incluem o uso de luvas e máscaras.

Na sexta-feira, havia mais de 330 casos confirmados e 10 mortes no país.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.