Navigation

Oito milhões de doses estão a caminho

Suíça encomendou mais de 35 milhões de doses da vacina anti-covid de cinco diferentes farmacêuticas. Keystone / Martial Trezzini

O ministro suíço da Saúde, Alain Berset, anunciou a compra de mais 8,1 milhões de doses de vacinas das farmacêuticas Moderna e da Pfizer/BioNTech. Elas devem ser entregues ao país entre abril e julho. A promessa do governo é vacinar todos os habitantes que o desejarem até o verão.

Este conteúdo foi publicado em 26. março 2021 - 08:51
Keystone-SDA/jdp

Guy Parmelin, ministro da Economia e atual presidente da Confederação Suíça, destacou que, frente o surgimento de novas mutações do novo coronavírus, é crucial fazer avançar a campanha de vacinação.

Berset e Parmelin participaram de uma coletiva de imprensa na quinta-feiraLink externo (25.03), que contou com a presença de representantes da Pfizer e Moderna.

O governo suíço enfrenta críticas crescentes sobre a velocidade com que as vacinas chegam. Cerca de 1,4 milhões de doses foram entregues aos cantões (estados), o suficiente para vacinar aproximadamente cinco por cento da população.

O Depto. Federal de Saúde Pública estabeleceu o objetivo de vacinar cerca de 70 mil pessoas por dia, mas até agora apenas 20 mil são vacinadas diariamente na Suíça.

Pessoas do grupo prioritário - idosos com mais de 75 anos de idade e pessoal dos asilos - estão sendo vacinados ao longo de março, disse Berset. O segundo grupo, pessoas de alto risco - devem poder receber uma primeira dose na segunda quinzena de abril.

Sabine Bruckner declarou que dois milhões de doses serão entregues até o final de março. A representante da Pfizer na Suíça disse que a farmacêutica tem a capacidade de produzir dois bilhões de doses por ano, o que, significa, em suas palavras: "Agora podemos entregar mais do que antes".

Moderna pretende fornecer cerca de seis milhões até o final de junho.

Se outras vacinas forem aprovadas, estas quantidades podem aumentar significativamente, afirmou Berset. A Suíça já encomendou mais de 35 milhões de doses de cinco farmacêuticas.

A vacina da AstraZeneca ainda está sendo avaliada pelo órgão de controle de medicamentos, Swissmedic. CureVac e Novavax ainda não solicitaram a aprovação na Suíça. A vacina de dose única da Johnson & Johnson também foi aprovada, mas não será comprada pela Suíça, afirmam as autoridades.

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?