Navigation

Obras-primas cuidadosamente remendadas

A Fundação Beyeler, em Basileia, ganhou fama internacional com suas exposições de artistas célebres dos últimos três séculos. Manter o “frescor” destas obras-primas é um desafio constante para os conservadores de arte.

Este conteúdo foi publicado em 20. dezembro 2012 - 13:58

Um trabalho meticuloso de detetive é realizado nos bastidores usando dispositivos de alta tecnologia para descobrir as imperfeições causadas pelo transporte das obras de arte e pelo processo de envelhecimento. A TV suíça acompanhou a restauração de obras de dois artistas franceses, Henri Matisse e Fernand Léger, realizadas pela Fundação. (SF/swissinfo.ch)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.