Navigation

Os quatro idiomas da Suíça

Os suíços são conhecidos pela capacidade de falar muitos idiomas. A proporção de poliglotas aumentou ligeiramente desde 2014, como mostra o mais recente estudo do Departamento Federal de Estatísticas (BFS, na sigla em alemão).

Este conteúdo foi publicado em 04. fevereiro 2021 - 10:00

Mais de dois terços da população com 15 anos ou mais falam regularmente mais de um idioma. Essa capacidade é utilizada na comunicação diária, seja no trabalho ou ao visitar uma das quatro regiões linguísticas do país.

O alemão é o idioma da maioria da população. Depois vem o francês, italiano e, finalmente, o reto-romano (ou romanche), o quarto idioma nacional que vive nos últimos anos um declínio pelo decréscimo no número de pessoas que o dominam. Porém o governo tem feito grandes esforços para garantir a sua sobrevivência.

As línguas estrangeiras mais faladas são o inglês, português, espanhol, servo-croata e o albanês. Juntas, a população que fala esses idiomas supera a que domina o romanche e o italiano. O inglês é falado regularmente por 45% da população e é mais difundido na Suíça germanófona do que outras partes.

O ensino de línguas estrangeiras nas escolas suíças é um ponto de debate. Muitos consideram mais importante aprender o inglês do que os idiomas das regiões vizinhas, seja francês ou alemão. Porém o esforço é de encontrar um equilíbrio no peso dado às diferentes línguas.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.