Navigation

'Ninja', astro do Fortnite, leva game para o YouTube

O superastro do Fortnite Tyler "Ninja" Blevins voltou ao mundo do streaming nesta quarta-feira com uma partida no YouTube, depois que a Microsoft anunciou o fechamento da plataforma Mixer, com a qual tinha um contrato exclusivo afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 08. julho 2020 - 20:54
(AFP)

O superastro do Fortnite Tyler "Ninja" Blevins voltou ao mundo do streaming nesta quarta-feira (8) com uma partida no YouTube, depois que a Microsoft anunciou o fechamento da plataforma Mixer, com a qual ele tinha um contrato exclusivo.

Blevins tinha quase 24 milhões de assinantes em seu canal do YouTube ao iniciar a partida de Fortnite, que promoveu a seus fãs através do Twitter.

"Sabem o que é louco?", perguntou Blevins, enquanto brincava com seus colegas de equipe durante a transmissão do jogo. "Não fazer lives durante um mês; quase me esqueço de que ninguém sabe o que está acontecendo comigo".

Em agosto do ano passado, Blevins deixou o Twitch, de propriedade da Amazon, e disse a seus admiradores que só poderiam encontrá-lo na plataforma de streaming para videogames concorrente Mixer.

A estratégia foi considerada uma vitória para a Microsoft, ao atrair espectadores para o Mixer e impulsionar os esforços da companhia para reforçar sua comunidade de videogames.

Mas a Microsoft anunciou no mês passado que fecharia sua plataforma de transmissão ao vivo e que está se associado ao Facebook para competir melhor com concorrentes como Twitch e YouTube.

A Mixer encerrará as atividades em 22 de julho e a companhia incentivou os jogadores a migrar para o Facebook Gaming.

O "Fortnite", videogame online de tipo battle royale - multijogador, no qual os competidores devem eliminar um ao outro até que vence o último sobrevivente -, é um sucesso mundial.

Blevins é um dos jogadores que transmitem ao vivo suas partidas de Fortnite e ganha grandes montantes de dinheiro e tem entre seus seguidores um amplo público juvenil e até astros do rock.

O jogador de 29 anos disse à AFP no ano passado que sua vida deu uma guinada brusca ao descobrir o Fortnite, jogo que liderou popularidade no setor dos games quando foi lançado em 2017 e reivindica ter 200 milhões de jogadores, dos quais mais de oito milhões jogando permanentemente.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.