Navigation

Lula recebe apoio de artistas e intelectuais no Rio

Los expresidentes de Brasil Luiz Inacio Lula da Silva (c) y Dilma Rousseff (c-izq), en un ato contra el actual mandatario, Jair Bolsonaro, el 18 de diciembre de 2019 en Rio de Janeiro afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 19. dezembro 2019 - 12:58
(AFP)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, o apoio de artistas, intelectuais e políticos de esquerda, em um ato marcado pela critica ao governo de Jair Bolsonaro.

"Como na Alemanha nazista, querem destruir o Brasil começando pela cultura. Não permitiremos. Vamos resistir como já resistimos a outros pesadelos", disse Lula para cerca de 2.500 pessoas reunidas no Circo Voador, no centro do Rio.

"Estou de mãos dadas com vocês para defendermos juntos o legado da música, do cinema, do teatro, da literatura, de todas as expressões artísticas deste pais. Não se entreguem, não abaixem a cabeça, não desanimem. Estamos juntos. Um pais que deu ao mundo o samba, o cinema novo, a bossa nova, a tropicália, o teatro do oprimido e a arquitetura de Niemeyer, não ficará jamais de joelhos para ninguém".

Lula saiu da prisão há pouco mais de um mês, onde cumpria pena - na sede da Polícia Federal de Curitiba - por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Participaram do evento a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-candidato à presidência do Partido dos Trabalhadores (PT) Fernando Haddad, os atores Osmar Prado e Dira Paes, e o cantor Agnaldo Timóteo, entre outros.

Os discursos foram unânimes em criticar as políticas do atual governo, especialmente na área da cultura.

Lula, que saiu da prisão no dia 8 de novembro, prometeu liderar uma "caravana da cultura" para debater as demandas da população nesta área.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.