Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Bancos BTG Pactual vende seu banco suíço

O gestor de ativos de Zurique EFG Internacional adquiriu o Banco da Suíça Italiana BSI. A transação saiu por 1.33 bilhões de francos. A nova entidade irá gerir cerca de 170 bilhões de francos em ativos, tornando-se o quinto maior banco privado da Suíça.



O banco brasileiro comprou o BSI em julho de 2014 do grupo segurador italiano Generali por 1.5 bilhão de francos suíços. 

O banco brasileiro comprou o BSI em julho de 2014 do grupo segurador italiano Generali por 1.5 bilhão de francos suíços. 

(Keystone)

EFG Internacional vai pagar 975 milhões de francos em dinheiro para o banco brasileiro BTG Pactual, proprietário da instituição sediada no cantão do Ticino (sul), declararam as duas empresas em um comunicado conjunto na segunda-feira. A transação também incluirá a emissão de 52,6 milhões de ações do EFG. Aplicando a cotação de fechamento do EFG de 6,70 francos na última sexta-feira nestas ações, o preço de compra total alcança 1.328 bilhões de francos.

Após a emissão das ações, o BTG Pactual continuará com uma participação de cerca de 20% do EFG Internacional e será representado no seu conselho de administração. Sujeita à aprovação dos acionistas e autoridades reguladoras, a transação deverá ser concluída no quarto trimestre de 2016.

Zurique, Genebra e Lugano permanecerão como locais importantes para a gestão e operação da nova entidade, disse o comunicado. As marcas BSI e EFG serão mantidas, mas uma marca comum poderá ser introduzida mais tarde, após avaliação.

O banco BSI emprega cerca de 1900 colaboradores, dos quais quase a metade na Suíça. O EFG International tem 2200 funcionários em suas 29 sucursais.

swissinfo.ch com agências

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque