Perspectivas suíças em 10 idiomas

Casos de Alzheimer vão dobrar até 2050

Old man on balcony
A demência gera custos anuais de cerca de CHF11,8 bilhões na Suíça. © Keystone / Gaetan Bally

No Dia Mundial do Alzheimer, organizações suíças lançaram um apelo por melhores condições estruturais para a prevenção, pesquisa e tratamento do Alzheimer e de outras formas de demência. Elas também se mostraram alarmadas com o número sempre crescente de casos.

Cerca de 146.500 pessoas com demência vivem na Suíça, com a maioria sofrendo de Alzheimer. Este número mais do que dobrará nas próximas três décadas, disse Alzheimer Suíça, Clínicas de Memória Suíça e a Fundação Synapsis em uma declaração. Eles prevêem que cerca de 315.000 pessoas viverão com demência na Suíça em 2050.

O sistema atual de cuidados e tratamento não será capaz de lidar com tal aumento, disseram eles. Isto porque o tratamento e o cuidado das pessoas com demência é muito caro e coloca um pesado fardo sobre seus parentes. Atualmente, a demência gera custos anuais de cerca de CHF11,8 bilhões (US$ 12,7 bilhões). Destes, os parentes assumem cerca de CHF5,5 bilhões através de cuidados não remunerados e serviços de enfermagem.

Maiores esforços

As três organizações nacionais de demência estão, portanto, exigindo maiores esforços em pesquisa, prevenção e tratamento dos pacientes com demência.

Um maior investimento em pesquisa é necessário para descobrir as causas ainda em grande parte desconhecidas da demência e para desenvolver abordagens adequadas para diagnóstico, tratamento e cuidados, disseram eles. Para isso, devem ser lançados programas de financiamento de longo prazo e devem ser coletados dados confiáveis sobre as doenças demenciais.

Há também a necessidade de programas rápidos de prevenção e detecção precoce, pois muitos casos de demência podem ser prevenidos e o desenvolvimento severo pode ser retardado graças à detecção precoce. As organizações disseram que o diagnóstico deve ser seguido por serviços de aconselhamento e apoio específicos para demência para as pessoas afetadas.

Os custos associados aos cuidados também devem ser reconhecidos por lei e financiados em conformidade, disseram.

Mostrar mais

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Notícias

aeroporto

Mostrar mais

Aeroporto de Genebra cobrará taxa de atraso em 2025

Este conteúdo foi publicado em O Aeroporto de Genebra pretende lançar um sistema de cotas de poluição sonora no próximo ano. Os voos que partirem após as 22h terão que pagar uma taxa.

ler mais Aeroporto de Genebra cobrará taxa de atraso em 2025
imagem

Mostrar mais

Suíços não se preocupam em perder empregos para a IA

Este conteúdo foi publicado em A inteligência artificial (IA) está influenciando a vida profissional cotidiana. Na Suíça, muitas pessoas já têm experiência com IA, inclusive em seus empregos.

ler mais Suíços não se preocupam em perder empregos para a IA

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR