Navigation

Facebook permite que usuários guardem conteúdos para ver mais tarde

O Facebook manipulou em 2012, durante uma semana, o feed de notícias de 700.000 usuários, sem sua permissão, para medir seu impacto emocional afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 21. julho 2014 - 21:38
(AFP)

O Facebook anunciou nesta segunda-feira uma nova ferramenta que permite aos usuários guardar conteúdos, como links ou vídeos, no Facebook para acessá-los mais tarde.

"Todos os dias as pessoas encontram todo tipo de coisas interessantes no Facebook que elas não têm tempo de ver. Agora, é possível armazenar o conteúdo para revê-los mais tarde, com mais tempo", escreveu o engenheiro de software da rede social, Daniel Giambalvo, em mensagem publicada no site do grupo.

"Pode-se guardar conteúdos como links, sites, filmes, TV e música", acrescentou.

Os usuários podem escolher guardar os conteúdos em privado ou compartilhar com amigos.

A aplicação "save" deve estar disponível nos próximos dias para quem acessa a rede social por computadores ou por dispositivos móveis, como o iPhone e o iPad, da Apple, ou aparelhos com sistema operacional Android, do Google, detalhou Giambalvo.

Os usuários do Facebook se conectam cada vez mais à rede através de smartphones. Nesses casos, o tempo que permanecem na rede social é reduzido em comparação com os usuários que entram no Facebook pelo computador. Com a nova ferramenta, pretende-se fazer com os internautas fiquem mais tempo na rede social usando os telefones móveis.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.