Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A guerrilha das Farc e o governo da Colômbia retomam nesta terça-feira as negociações de paz em Havana para aparar arestas antes de abordar o sensível tema das vítimas do conflito armado

(afp_tickers)

A guerrilha das Farc e o governo da Colômbia retomam nesta terça-feira as negociações de paz em Havana para aparar arestas antes de abordar o sensível tema das vítimas do conflito armado.

Segundo uma fonte ligada às negociações, não se trata do início de um ciclo de diálogos propriamente, e sim um encontro preparatório para o prosseguimento das discussões.

As negociações são retomadas depois um recesso de mais de um mês, durante o qual o presidente Juan Manuel Santos foi reeleito em segundo turno, em um sinal que a maioria dos colombianos apoia o processo de paz.

Até agora, as duas partes conseguiram consenso sobre três pontos da agenda: reforma rural, participação política e drogas ilícitas.

Mas ainda restam discutir temas muito sensíveis e complexos: vítimas, abandono das armas e mecanismo de aprovação de um eventual acordo de paz.

AFP