O representante do líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, nos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira que a embaixada venezuelana em Washington, que havia sido tomada por ativistas pró-Maduro há semanas, foi "liberada".

"A liberação de nossa embaixada foi graças à luta do dissidência venezuelana que, com o sacrifício, permaneceu de fora contra todas as adversidades", disse no Twitter Carlos Vecchio, reconhecido pelo governo dos Estados Unidos como embaixador da Venezuela.

Várias viaturas policiais e caminhões de bombeiros se encontram fora da sede diplomática, cujo perímetro é isolado, informou a AFP.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.