Perspectivas suíças em 10 idiomas

Poluição continua matando, inclusive na Suíça

Smog sign in Swiss traffic
A poluição atmosférica foi reduzida desde a década de 1990, mas ainda está causando danos à saúde e ao meio ambiente, especialmente nas cidades Keystone

Há mais de 4.000 mortes prematuras por ano na Suíça devido à poluição do ar, diz um novo relatório.

As estatísticas fazem parte de uma nova pesquisa da Agência Europeia do AmbienteLink externo, que estima em mais de 400 mil o número de mortes prematuras em países europeus. Os números referem-se a 2016 e baseiam-se em dados recolhidos em 2017 em mais de 4.000 estações de medição em toda a Europa. 

Em seus dados para a SuíçaLink externo, o relatório diz que houve 3.700 mortes prematuras atribuíveis a partículas finas, 620 ao dióxido de nitrogênio e 240 ao ozônio.  

Consideram-se mortes prematuras aquelas que ocorrem antes da idade esperada, normalmente a esperança de vida normal de um país e de um gênero, explica a AEA.  

O órgão afirma que, embora a Europa tenha feito progressos na redução da poluição atmosférica, ela continua a prejudicar a saúde humana e o meio ambiente, especialmente nas cidades. “Estamos fazendo progressos”, diz Hans Bruyninckx, diretor da AEA na Bélgica, mas “é tempo de acelerar as mudanças na energia, na produção de alimentos e na mobilidade”. 

Na Europa, as maiores concentrações de partículas finas no ar encontram-se no norte da Itália, na Polônia e nos Balcãs, segundo a AEA. No entanto, a agência assinala que o número de mortes prematuras causadas por essas partículas diminuiu em meio milhão em comparação com a década de 1990. 


Mostrar mais
India pollution

Mostrar mais

Firmas europeias têm parte no problema da qualidade global do ar

Este conteúdo foi publicado em Nino Künzli é subdiretor do Instituto Suíço de Medicina Tropical e Saúde Pública e foi um dos consultores científicos da conferência sobre a poluição do ar organizada durante esta semana pela Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com estatísticas da OMS, mais de nove entre dez pessoas no planeta respiram ar perigosamente contaminado. O…

ler mais Firmas europeias têm parte no problema da qualidade global do ar

swissinfo.ch

Notícias

Imagem

Mostrar mais

Mercado brasileiro de café atrai Nestlé

Este conteúdo foi publicado em Por meio de sua marca Nescafé, a empresa está focando especialmente nas necessidades e desejos do mercado jovem.

ler mais Mercado brasileiro de café atrai Nestlé
Imagem

Mostrar mais

FIFA abre portas para sair da Suíça

Este conteúdo foi publicado em A entidade máxima do futebol internacional lançou as bases formais para uma saída teórica de sua sede em Zurique.

ler mais FIFA abre portas para sair da Suíça
Imagem

Mostrar mais

Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Este conteúdo foi publicado em A Suíça planeja introduzir um banco de dados para os passageiros de voos para coletar e processar dados pessoais em uma tentativa de combater o terrorismo e crimes graves.

ler mais Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR