Navigation

Genebra reforça segurança para cúpula Biden-Putin

Arame farpado e cercas foram instalados ao redor dos parques La Grange e Eaux-Vives em Genebra. A "Villa La Grange" é o local confirmado da reunião entre o Presidente dos EUA Joe Biden e o Presidente russo Vladimir Putin em 16 de junho. Keystone / Martial Trezzini

Medidas especiais de segurança estão sendo preparadas para a cúpula da próxima semana em Genebra entre o presidente americano Joe Biden e o presidente russo Vladimir Putin. O espaço aéreo local será restrito por três dias e o público será proibido de acessar as ruas em volta do lago no centro da cidade.

Este conteúdo foi publicado em 11. junho 2021 - 16:08
swissinfo/RTS/Le Temps/sb

O Conselho Federal (órgão executivo) aprovou na sexta-feira uma restrição temporária ao uso do espaço aéreo durante a cúpula de 15 a 17 de junho em Genebra. A Força Aérea Suíça fornecerá policiamento aéreo e vigilância mais rigorosa do espaço aéreo.

Os vôos comerciais de e para o Aeroporto Internacional de Genebra não serão afetados pela restrição, disse o governo em uma declaração na sexta-feira.

O governo aprovou a mobilização de 1.000 militares em apoio à polícia cantonal de Genebra. Os soldados serão responsáveis pela proteção dos edifícios diplomáticos estrangeiros e fornecerão equipamentos à polícia cantonal de Genebra para o transporte aéreo e lacustre.

Biden e Putin se reunirão no dia 16 de junho na Villa La Grange, uma vila suíça do século 18 no sul da cidade que está sendo preparada para o evento.

A vila está localizada em um pitoresco parque arborizado com uma vista deslumbrante do Lago de Genebra e seus veleiros. Mas os marinheiros não poderão levar seus barcos para o Petit Lac, próximo ao centro da cidade.

As autoridades cantonais imporão uma ampla área de segurança das 4 da manhã até a meia-noite de quarta-feira 16. A cidade pretende isolar as ruas da beira do lago e do parque Mon Repos perto do distrito internacional de Genebra, ao longo do Quai Wilson e do Quai du Mont Blanc sobre a ponte do Mont Blanc, e ao longo do Quai Gustav Ador até os parques La Grange e Eaux-Vives.

As autoridades de Genebra também incentivaram as empresas locais a trabalhar de casa no dia 16 de junho. Também foi imposta uma proibição a qualquer manifestação pública em Genebra durante a cúpula.
 

Zona de segurança no centro de Genebra para a cúpula de Putin-Biden em 16 de junho. O público e os veículos estarão proibidos de entrar na zona vermelha neste dia. SITG

A Casa Branca minimizou as expectativas para a cúpula e disse que Biden planeja levantar questões incluindo a Ucrânia, controle de armas, direitos humanos e chantagens por meio de ataques cibernéticos. As autoridades russas disseram que sua agenda incluirá questões como estabilidade estratégica, crises globais, mudança climática e esforços para combater a pandemia de coronavírus.

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?