Pesquisa revela que suíços se tornaram mais esportistas

Um curso de ginástica em Kriens, cantão de Lucerna, organizado pelo Pro Senectute em outubro de 2018 © Keystone / Gaetan Bally

Quatro em cada cinco pessoas praticam agora um esporte, incluindo um número crescente de idosos, mostra um estudo de âmbito nacional. Os fãs de esportes de língua francesa e italiana parecem ter se aproximado de seus vizinhos de língua alemã.

Este conteúdo foi publicado em 09. junho 2020 - 15:32
Keystone-SDA/sb

De 2014 a 2020, o número de pessoas que não praticam nenhum esporte na Suíça caiu drasticamente de 26% para 16%, informou na segunda-feira (8) o Departamento Federal de Esportes.

O número de pessoas praticando esportes várias vezes por semana também subiu de 44% para 51%, revelou a pesquisa.

O aumento se deve em grande parte a homens e mulheres de meia-idade e idosos, segundo a pesquisa. Hoje, as mulheres praticam esportes com a mesma frequência dos homens e muitas iniciam novas atividades físicas a partir dos 45 anos de idade.

As regiões de língua alemã continuam a liderar o bloco - apenas 14% dizem que nunca praticam nenhum esporte. Mas as regiões de língua francesa e italiana reduziram a diferença nos últimos seis anos. Apenas 21% dizem que não praticam nenhum esporte e em ambas as regiões 48% dizem que praticam esporte várias vezes por semana por mais de três horas no total.

Caminhar, andar de bicicleta, nadar, esquiar e correr continuam sendo as atividades físicas mais populares. Enquanto isso, as atividades de musculação, ioga e dança ganharam popularidade.

Em média, cada residente gasta CHF2.000 por ano em atividades esportivas.

A pesquisa também revelou que a Suíça ficou em terceiro lugar no ranking comparativo de esportes e atividades físicas do Eurobarômetro - atrás da Finlândia e da Suécia, e à frente da Dinamarca. Na retaguarda estavam Portugal, Grécia e Bulgária.

Partilhar este artigo