Navigation

O inferno mora ao lado

Barulho, fumaça de cigarro e brigas por causa da lavanderia estão entre as reclamações mais comuns dos suíços sobre seus vizinhos, segundo uma pesquisa recente. Mais de um em cada dez cidadãos se mete em múltiplas brigas a cada ano.

Este conteúdo foi publicado em 23. outubro 2017 - 10:37
swissinfo.ch e agências


 

Fumaça de cigarro emanando das varandas e uso das áreas comuns são causas frequentes de conflitos entre vizinhos Keystone


Cerca de um terço dos entrevistados pela pesquisa do site comparis.chLink externo disse se incomodar com o barulho (28%) provocado por conversas, passos, crianças, música alta e festas. As outras principais reclamações são antipatia (16%), fumaça de cigarro nas escadas e varandas (14%), e vizinhos barulhentos (12%).

Conteúdo externo

Contra essas perturbações, um terço (31%) diz resolver o problema diretamente com o vizinho, enquanto que 14% preferem falar com o proprietário do imóvel. Os habitantes da região de língua alemã são mais hesitantes em tomar alguma providência - 28% deles permanecem calados, enquanto que na região de língua italiana apenas 15% partilham dessa mesma atitude. 

Cerca de um em cada seis entrevistados (16%) diz haver já se mudado de casa por causa de conflitos com os vizinhos. 

Conteúdo externo


Considerando que duas em cada três pessoas na Suíça vive em apartamentos, os proprietários costumam definir uma série de regras de conduta para ajudar os inquilinos a conviver uns com os outros nos espaços exíguos. As regras mais comuns vão da interdição de animais domésticos à proibição de barulho aos domingos e feriados.

Links

Brochura em 16 línguas sobre como se alugar um apartamento na Suíça (Departamento Federal da Habitação)Link externo

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.