Perspectivas suíças em 10 idiomas

Deu a louca no clima

Temporais não faltaram neste ano 2000. Keystone

O clima de 2000 na Suíça foi o mais "quente" nos últimos 50 anos. Segundo "MétéoSuisse", os termômetros registraram média de 2,5 graus acima do normal... Esse fenômeno internacional é mais perceptível nos países frios.

As temperaturas do ano que termina foram as mais altas desde 1947, na Suíça. Em fevereiro, em pleno inverno, a temperatura já era clemente para a temporada. E em abril o verão já ameaçava chegar.

Mas em julho, já no verão, frio e humidade foram uma nota dissonante… Em compensação em agosto e setembro, as temperaturas estivais chegaram pra valer.

O vento quente do Sul, conhecido como “foehn” – acompanhado de granizo e tempestades – que já se manifestava na primavera, explica temperaturas acima da média. Mas uma das conseqüências foi que já em maio, o estado de Berna e o leste do país foram atingidos por inundações.

O auge do tempo ruim ocorreu dia 4 de julho quando, ventania de 140 km/h varreu o Ticino, no sul. E no dia 21 de agosto, mês ensolarado, quando uma tempestade atravessou a região mais plana da Suíças em 3 horas.

Já o outono começou mal, com muita chuva. Chuvas prolongadas resultaram em catástrofes graves nos cantões (estados) do Ticino, sul, e do Valais, sudeste.

Esse fenômeno do aquecimento climático é internacional. Em sua edição de 28 de dezembro, o jornal francês “Le Monde” constatava que o ano 2000 foi o mais quente do século na França, juntamente com o ano 1994, com temperatura média de 12,9 graus centígrados.

Em pleno mês de dezembro, no inverno portanto, os termômetros chegaram a subir a 15 graus em Paris.

O jornal lembra que o aquecimento climático é perceptível em todo o planeta Terra. E segundo a Organização Meteorológica Mundial o fim do século 20 é de 0,6 por cento mais quente que no início do mesmo século.

Na Suíça, no fim deste ano 2000, os termômetros continuam acima da média para desespero dos donos de estações de esqui que esperam que caia mais neve – o “ouro branco” que permite ganhar bastante dinheiro.

swissinfo com agências.

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR