Navegação

Menu Skip link

Subsites

Funcionalidade principal

Tendências online Internet revela surtos de gripe

Os dados do Google search podem fornecer uma estimativa dos focos de gripe. Pessoas doentes ou que acham que estão doentes tendem a procurar mais informações sobre "tratamento da gripe" ou "sintomas da gripe".

Uma nova maneira de detectar tendências entre os que sofrem de gripe

Uma nova maneira de detectar tendências entre os que sofrem de gripe

(Keystone)

A ideia é monitorar milhões de comportamentos dos usuários online, o número de consultas no Google pode ser analisado para revelar a presença da doença em uma população.

flu graphic 1

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Nos Estados Unidos, pesquisadores descobriram que os dados do Google search poderiam ser usados para prever surtos regionais de gripe até 10 dias antes de serem relatados pelos Centros Federais de Controle e Prevenção de Doenças.

Um relatório de uma equipe de pesquisadores da universidade de Harvard reuniu outros conjuntos de dados para rastrear com mais precisão os surtos de gripe.

É um bom exemplo de descobertas que podem ser feitas com o chamado "bid data", um termo usado para descrever a análise de grande quantidade de dados para revelar tendências.

No entanto, não se pode descartar a possibilidade de que um pico recente na busca da palavra gripe no Google também seja devido a casos de gripe aviária.

A Secretaria Federal de Saúde Pública informou que durante a última semana de 2016, a gripe foi generalizada na Suíça com 64 casos declarados por 100.000 habitantes. É largamente superior ao número de casos para a mesma semana em 2014 e em 2015.

flu graphic 2

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

×