Navigation

Planos para abertura de mercados agrícolas engavetados

O governo quer avançar com os planos para consolidar o setor agrícola suíço e torná-lo mais favorável ao meio ambiente.

Este conteúdo foi publicado em 17. novembro 2018 - 09:30
Os planos do governo visam incentivar os produtores de leite a produzir mais leite cru para queijos especiais Keystone

Na apresentação de um projeto de proposta para os anos 2022-2025, o ministro da Economia, Johann Schneider-Ammann, disse que o setor agrícola suíço deve se tornar mais independente, voltado para o mercado e competitivo.

Os subsídios do governo permanecerão praticamente inalterados em 13,9 bilhões de francos suíços (13,4 bilhões de dólares) em quatro anos.

De acordo com as propostas, os regulamentos para as exportações de queijo devem ser revistos e devem ser introduzidos regulamentos para garantir que o uso de pesticidas na agricultura seja restrito.

Schneider-Ammann, que deve deixar o governo no final do ano, ressaltou a importância de reduzir a burocracia e dar mais responsabilidade aos agricultores como empreendedores.

"Qualidade e sustentabilidade são fatores-chave de nossa política", disse Schneider-Ammann em uma entrevista coletiva.

No entanto, os planos controversos apresentados no ano passado para reduzir as tarifas de importação para produtos agrícolas e impulsionar os acordos de livre comércio foram retirados, após duras críticas do principal grupo de agricultores e do parlamento.

As propostas mais recentes serão enviadas aos partidos políticos, organizações e instituições para consulta antes que o governo finalize seu projeto de lei no parlamento no próximo ano.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.