Suíça como país de imigração

A Suíça tem uma das percentagens mais elevadas de estrangeiros no mundo. A maioria dos migrantes vem de países europeus. O que os atraiu nas últimas décadas foi a robustez da sua economia e à introdução da livre circulação de pessoas. No entanto o grande número de estrangeiros deve-se também às rígidas leis de naturalização, o que torna a integração mais difícil no país.





Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch