Navigation

Agências de emprego

Se você é um cidadão europeu ou vem de um país terceiro, a busca pelo novo emprego na Suíça deve começar aqui.

Este conteúdo foi publicado em 02. novembro 2016 - 10:46
swissinfo.ch

Cidadãos da União Européia e da Associação Europeia de Livre Comércio (AELC) gozam de determinados privilégios no momento de serem empregados na Suíça. Porém cidadãos de países terceiros com qualificações específicas também têm chances.

De qualquer forma, esta seção ajuda você na busca de um trabalho gratificante na Suíça, onde os salários estão entre os mais elevados do mundo.

Como procurar emprego

O primeiro passo é consultar o portal "Espaço-EmpregoLink externo", do Departamento Federal de Economia. Ele dispõe de um motor de procuraLink externo, onde estão listados todas as ofertas de emprego comunicadas ao serviço. 

Ofertas de empregos são também publicadas diariamente em diferentes portais suíços:

As câmaras de comércio como a Câmara de Comércio Suíço Brasileira ou a Câmara de Comercio e Industria Suiça em Portugal também podem ser de grande ajuda. Você encontrará uma lista de muitas empresas suíças no Registro Comercial FederalLink externo.

Agências de emprego

Na Suíça, as agências de emprego particulares (Arbeitsvermittlung) estão sujeitas a autorização. Uma das mais populares do país é a Manpower.chLink externo e a Adecco.chLink externo

Além dela, você pode encontrar uma lista de empresas privadas que agenciam empregos AQUILink externo

Ajuda especial para cidadãos da EU ou EFTA

Cidadãos da União Europeia (UE) e Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA, na sigla em inglês) podem permanecer na Suíça sem necessidade de visto por até três meses quando estão procurando um trabalho. Esse período pode ser extendido. Veja item "Procurando emprego".

O portal do EURESLink externo (O Portal Europeu Da Mobilidade Profissional) oferece dicas, informações sobre países, legislação e acesso a diversos portais de emprego na Europa. 

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?