Perspectivas suíças em 10 idiomas

A Suíça e a Bauhaus – 100 anos de elegância funcional

The Runner by Paul Klee
"Läufer", de Paul Klee. Aquarela 1920-1925 Akg-images

Bauhaus, a influente escola de design alemã, foi fundada em 12 de abril de 1919. Museus e galerias em toda a Suíça estão dedicando exposições a figuras centrais da Suíça, como Paul Klee, durante todo o ano.

Funcionalidade, simplicidade e inovação. A escola Bauhaus durou apenas 14 anos, mas seus princípios continuam vivos e podem ser vistos ao nosso redor, desde cozinhas equipadas, paredes brancas, cadeiras tubulares de aço e edifícios de teto plano até o icônico relógio suíço das estações de trem.

Após a destruição da Primeira Guerra Mundial, uma sensação de liberdade e experimentação radical varreu o cenário artístico na Alemanha. O arquiteto Walter Gropius fundou a escola teoricamente apolítica na cidade de Weimar com o objetivo de criar bens de consumo que fossem funcionais, baratos e capazes de serem produzidos em massa, deixando espaço para a individualidade artística.

A Bauhaus mudou-se para Dessau e depois para Berlin antes de fechar em 1933, sob pressão dos nazistas. Mas seus professores e alunos se espalharam por todo o mundo – muitos se mudaram para os Estados Unidos. Isso garantiu que suas ideias tivessem uma influência duradoura em muitos campos, incluindo pintura, arquitetura, design gráfico, design de interiores, design industrial e tipografia.

Exposições suíças

As exposições relacionadas à Bauhaus que estão sendo realizadas em toda a Suíça este ano incluem:

Max Bill and Zurich Concrete ArtLink externo“, no Kunstmuseum Winterthur (13 de abril a 2 de janeiro de 2020), mostra a fascinação do polímata nascido em Winterthur pela arte concreta e sua ênfase na abstração geométrica.

Max Bill
Max Bill (1908-1994) foi um arquiteto, artista, pintor, tipógrafo, designer industrial e designer gráfico suíço SRF-SWI

Outra exposição, “max bill. bauhaus constellationsLink externo” na galeria Hauser & Wirth em Zurique (9 de junho – 14 de setembro) explora “diálogos dinâmicos” com os artistas que Bill conheceu na Bauhaus, incluindo Josef Albers, Lyonel Feininger, Wassily Kandinsky, Paul Klee, László Moholy-Nagy, Kurt Schwitters, Oskar Schlemmer e Sophie Taeuber-Arp.

Johannes Itten: Art as LifeLink externo” no Kunstmuseum Bern (de 30 de agosto a 2 de fevereiro de 2020) enfocará o artista e teórico suíço que ensinou o “curso preliminar” da Bauhaus, um curso básico de um ano realizado por todos os alunos. Os diários de Itten, os cadernos de esboços e os principais trabalhos fornecerão uma nova maneira de ver seu processo criativo.

Também em Berna, o Zentrum Paul Klee mostrará “bauhaus imaginistaLink externo”, com foco no ensino de Klee e seus alunos (20 de setembro a 12 de janeiro de 2020).

De volta a Zurique, o Museu Haus Konstruktiv está dedicando uma exposição individual (de 31 de outubro a 12 de janeiro de 2020) ao ex-aluno da Bauhaus, Roman ClemensLink externo, cuja obra multifacetada compreende cenários, arquitetura, design e pintura.

Outros importantes artistas suíços ligados à Bauhaus – que a swissinfo.ch apresentará em artigos posteriores – incluem Le Corbusier, Alexander Schawinsky e o segundo diretor da escola, Hannes Meyer.


Mostrar mais
Diversos quadros pendurados em uma parede

Mostrar mais

Pela primeira vez Brasil recebe uma exposição de Paul Klee

Este conteúdo foi publicado em São 123 trabalhos da coleção do Centro Paul KleeLink externo, de Berna, selecionados exclusivamente para o público brasileiro, sob a curadoria de Fabienne Eggelhöfer. “Queremos começar um diálogo com as pessoas no Brasil”, afirma a especialista, que quer aprofundar no país as pesquisas sobre a influência de Klee em trabalhos de artistas brasileiros e vice-versa. Ela…

ler mais Pela primeira vez Brasil recebe uma exposição de Paul Klee


Adaptação: Fernando Hirschy

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR