Navigation

Skiplink navigation

Swissmedic acelera processo de segunda vacina anti-viral

A Pfizer informou que começou a fabricar centenas de milhares de vacinas Covid-19 antes de esperar a aprovação nos EUA e em outros lugares. Keystone/Dave Weaver

A agência suíça de produtos terapêuticos começou a rever outra vacina anti-Covid 19 no procedimento de aprovação vigente.

Este conteúdo foi publicado em 19. outubro 2020 - 18:19
swissinfo.ch/ug

A Swissmedic disse que a empresa farmacêutica americana Pfizer apresentou um pedido de autorização para uma vacina que se baseia na tecnologia mRNA na semana passada.

A agência acrescentou que ela está rastreando rapidamente todas as aplicações relacionadas com a pandemia de Covid-19, atribuindo pessoal extra a essa tarefa para que as verificações de conteúdo e, em particular, a segurança do usuário não sejam comprometidas.

Os critérios de revisão de segurança, eficácia e qualidade permanecem inalterados, de acordo com Claus Bolte, chefe da divisão de autorização da Swissmedic.

"Os pacotes de dados para os candidatos à vacina serão revisados de forma igualmente abrangente, mas mais rápida. Como resultado, podemos reduzir os tempos de espera entre as etapas de desenvolvimento durante a revisão", disse Bolte em uma declaração publicada na segunda-feira.

Há duas semanas, as autoridades suíças começaram a avaliar uma solicitação para uma vacina desenvolvida pela empresa britânico-sueca AstraZeneca e pela Universidade de Oxford.

A Suíça também assinou um acordo com a empresa americana de biotecnologia Moderna para garantir o acesso antecipado a 4,5 milhões de doses de sua vacina Covid-19.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo